segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Eu mamando um coroa do pau grande e grosso na rua

Tudo aconteceu na Sexta-feira dia 16 de Outubro de 2015 quando retornava da balada para minha casa. Quando vi o coroa com barba por fazer meio embriagado e quase cochilando num banco da praça. Resolvi me aproximar e ver se ele estava bem. Como ele não mostrou nenhuma reação ao tocá-lo, me aproveitei da situação e comecei a pegar no pau dele. depois de muito tempo ele acordou meio assustado mas também não falou nada só perguntei se estava bem e logo depois toquei no pau dele de novo e ele colocou pra fora do bermuda que vestia e pediu pra chupá-lo e logo atendi o seu pedido. Ele queria algo a mais. Mas eu estava com medo de alguém nos ver. E ficamos só no boquete mesmo. Pau delícia! 








quinta-feira, 1 de novembro de 2012

#... Esse já me chupou muito!



Prefiro manter sua identidade em sigilo. Ele é um cara que já conheço a muito tempo, e nunca pensei que ele realmente curtisse, então certa vez vi ele conversando com dois amigos meu, quando saíram juntos eu resolvi segui-los. No meio do mato não tão longe de casa, presenciei um fazendo penetração e o outro deixando ele chupar seu grande pau. Aproximei-me, mas eles não se assustaram, até queriam que eu participasse também, mas me neguei. Outro dia só eu ele eu resolvi fazer o teste e deixei ele me chupar, e quase todos os dias ele ia pra minha casa e sempre queria dar aquela boa mamada no meu pau, até pedia penetração e eu o atendia.
Até que teve que mudar pra outra cidade. Muito tempo se passou e ele retornou, mas com muita vergonha chegou a me perguntar se eu ainda teria coragem de fazer aquilo novamente. Eu disse pra ele que saciaria sua vontade, então planejamos que ele fosse à minha casa, mas que não passaria de uma mamada, pois poderia chegar alguém e nos flagrar. Ele agarrou firme minha vara e começou a chupar como se fosse uma criança saboreando um delicioso pirulito. Quase gozei na sua boca, mas me segurei e pedi que parasse, pois não era seguro continuar. Minha mãe cochilava no quarto ao lado e poderia acordar a qualquer momento.




Confira algumas imagens!